quinta-feira, 9 de junho de 2011

Como fazer sexo em público

Fazer sexo em lugares públicos não é atitude para qualquer um. Ficar quase pelado sem ser preso por atentado ao pudor é uma arte. Transar em recintos onde há trânsito de pessoas requer classe, pois não é elegante constranger o próximo. Claro que isto acaba acontecendo de vez em quando ou você nem percebe que viram (aprecio os discretos).

Por mais que eu e outros tantos seres vivos consideremos o ato normal e essencial a uma relação, o medo de ser pego pode causar sérios recalques em uma pessoa. Para que ninguém passe vontade, aqui vão algumas dicas para você se dar bem e ter pequenos momentos de prazer ao longo do seu dia, noite, horário de almoço, intervalo na academia…

Passo 1 – (e mais importante) Parceiro(a)

- Ele tem de ser safado, bem safado. Do tipo que diz pornografias no seu ouvido enquanto vocês esperam os amigos pagarem a conta.
- Ele deve ser aquele que te dá discretos apertões na bunda ou te pega pela cintura daquele jeito em qualquer lugar.
- Ele te encoxa quando você está de costas e/ou fica respirando quente e ofegante na sua nuca.
- Se além de todos os itens citados, ele fica excitado facilmente: escolhido! Ps. Nunca desperdice uma ereção. No caso de alguns, não temos como saber quando irá acontecer de novo.

Passo 2 – Lugar

- Qualquer hora é hora e qualquer lugar é o lugar.

Passo 3 – Ação!

- Se as chances de vocês ficarem solitos, ou se esconderem em qualquer canto são grandes, comece a excitá-lo o quanto antes.
- Vá até o banheiro, ou se estiverem sozinhos, tire sua calcinha ali mesmo e deixe o gato morrendo de tesão. Ficar com ela também é válido. Adoro quando ele me prende forte na parede e a tira para o lado.
- Assim que ficarem sozinhos, é bom você ter prática em colocar a camisinha rápido, senão, deixe a tarefa para ele.
- Arrume o lugar: afaste as coisas em que você ou o gostoso podem esbarrar.
- Verifique o território: lugares para colocar os pés, apoiar as costas, a barriga, as mãos. Não é só porque o sexo é rápido que precisa ser papai e mamãe, né? (sem tirar o mérito da posição).
- Nada de ruídos altos. Respiradas ofegantes e sacanagem ao pé do ouvido valem, mas deixe o escândalo para quando estiver entre quatro paredes, ou para lugares inóspitos sem ‘vizinhos’ próximos.
- Se forem pegos, chegou o momento de testar seus dotes artísticos: improvise. Uma vez eu estava no sofá da casa do gato, sentada em cima dele, rebolando gostoso, quando o irmão do cara entra na sala. O lance foi abraçá-lo e disfarçar (esta não foi uma das minhas melhores atuações). A sorte é que eu estava de vestido e ele cobria a ‘situação’.

Dica superimportante:

Se estiver bêbada é possível que lembre destas dicas, mas as chances de você ser pega sobem em progressão geométrica. Ainda mais se você estiver mandando ver dentro do carro, às 9h30 de um sábado no centro da cidade. Mas esta história fica para outro dia.

Fonte:http://www.negodito.com/maria-orgasmos-como-fazer-sexo-em-publico/
Contribuição: Carol Aquila

Nenhum comentário:

Postar um comentário